Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Candomblé - Mãe Stella de Oxossi na Academia de Letras da Bahia

Imagem

A Faculdade de Teologia Umbandista (FTU) é reconhecida definitivamente pelo MEC

Imagem
Não posso deixar de colocar aqui no Blog mais uma vitória de Pai Rivas e de todo o Povo do Santo!
Finalmente, após um longo período de regulamentação, de 2004 até 2013, o MEC publicou em Diário Oficial esta semana o reconhecimento da FTU, a primeira faculdade de teologia com ênfase em religiões Afro-brasileiras!
Todos os anos enfrentados pela equipe dedicada da Ordem Iniciática do Cruzeiro Divino não foram em vão. A partir desta semana, a FTU está legitimada.
E para quem possa duvidar desta grande conquista, coloco o diário oficial digitalizado e o link do blog de Pai Rivas.

Axé Baba mi!!!!


A construcão ritual da pessoa: a possessão no Candomblé

Imagem
A construção ritual da pessoa: a possessão no Candomblé1 (Religião e Sociedade 12 (1): 22-54 (ago. 1985)
Marcio Goldman*


Acontecia com a possessão o mesmo que com o totemismo? Estaríamos condenados a vê-la desvanecer-se como objeto no momento mesmo em que a isolamos? Será possível tratá-la como algo menos brutal do que uma força selvagem que individualiza e põe à parte os que a experimentam? Responder essas questões é colocar-se na via de uma explicação verdadeiramente antropológica do transe. E para fazê-lo convém, em primeiro lugar, indagar-se acerca do estranho fascínio por ele exercido sobre o discurso ocidental ilustrado. Essa indagação, contudo, não pode se efetuar no vácuo de concepções culturais frouxas e apenas mais ou menos datadas. Seria possível restringir a amplitude da investigação a manifestações concretas da possessão e aos discursos igualmente concretos que tentaram delimitá-la e dela dar conta. Algumas observações de caráter mais amplo e genérico são entretanto neces…