domingo, 1 de março de 2015

Toque no Ile-Oka recebe visita do índio Bainawa

TUO ordena três novos Mestres!!!

É com muita honra que comunico a ordenação de mais 3 Mestres na TUO-Itanhaém. É uma grande alegria para nossa comunidade, uma grande realização para todos nós.
Que as Santas Almas do Cruzeiro Divino continuem abençoando nossa casa, tornando cada dia mais fértil esse solo sagrado!
Sua Benção, Pai Rivas!

Mestre Araritan



Mestra Aracyara



Mestre Tashineranda

11 verdades que o egoísmo esconde de você!

11 verdades que o egoísmo esconde de você
 1. Desejar o mal a outra pessoa, porque ela tem algo que nós não temos, não nos trará o bem que não temos, e sim o mal que não tínhamos. Responder com um mal (calúnia, difamação, hostilidade etc.) diante de um bem do outro (uma habilidade que não temos, o sucesso etc.) constitui um mal e se manifesta em outros males (ódio ao próximo, dano causado a ele, dano a si mesmo etc.).
2. Qualquer pessoa é mais valiosa que todas as coisas, possessões ou pertences.
3. É mais saudável ocupar-se dos outros que unicamente de si mesmo.
4. A pessoa vai se enriquecer na medida em que contribuir para o enriquecimento pessoal de parentes, amigos e colegas.
5. O melhor caminho para a autoafirmação é o serviço aos outros; o pior caminho é a magnificação da autovalorização.
6. Não podemos desejar ter o mesmo sucesso dos outros sem esforço nenhum, porque as conquistas pessoais precisam ser alcançadas mediante um saudável desejo de superação de si mesmo.
7. A prosperidade alcançada por outros não pode ser vista como algo que nos prejudica.
8. É muito difícil estabelecer vínculos afetivos e autênticos quando não se é solidário com as pessoas.
9. O egoísmo atrapalha a autoestima, pois cria dependência das gratificações afetivas de outras pessoas (elogios, agrados etc.) e faz que a pessoa condicione seu querer unicamente ao fato de que gostem dela.
10. O egoísmo leva a pessoa a confundir pontos de vista diferentes do dela com manifestações de rejeição.
11. A pessoa egoísta não consegue tolerar as frustrações que tanto a amizade quanto a convivência humana implicam.
O egoísmo afunda a pessoa em um abismo tão insondável e ruim, que reduz a liberdade, pois a torna insensível para agradecer pelos bens materiais e sobretudo espirituais.

http://www.contioutra.com/11-verdades-que-o-egoismo-esconde-de-voce/

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Rito de Iniciacão na TUO! Mestre Ygbere! Paó

Este foi um dos momentos mais belos que eu vivi nesta vida. 
Assisti parte da jornada do Ygbere, caminhada longa e difícil, na Iniciação. E vê-lo receber o sétimo grau foi uma concretização de suas vitórias no campo astral. 
Foram muitas lutas, superações e lágrimas. Mas, a certeza da cobertura das Santas Almas do Cruzeiro Divino sempre o fortaleceu e gratificou. 
Pai Moçambique, Caboclo 7 Cachoeiras, Caboclo 7 Ondas, Jureminha, Exu 7 Poeiras, e tantas outras entidades que estão atreladas ao seu mediunismo positivo, certamente estiveram lá conosco e iluminaram aquele Congá, sob as bençãos de Pai Guiné e Pai Joaquim. 
Vida longa ao Mestre de Iniciação de Sétimo Grau Ygbere! Paó!!!! 
Paó a Mestre Araphiagha, Pai Rivas, por mais um Sacerdote na TUO. As bençãos, meu Pai.


Tal qual a onda que chega sempre a praia, a ancestralidade por meio da espiritualidade sempre se apresenta quando mais precisamos. (Olavo Solera)


"Tive a felicidade de presenciar a ordenação sacerdotal de Mestre Ygbere (Olavo Solera), irmão de santé de longa data, que está com Mestre Arhapiagha desde os idos 1979, ou seja, com mais de 35 anos de trabalhos, vivências e, sobretudo, de fidelidade ao Mestre e à Raiz. É um dos meus irmãos que conheceu Mestre Yapacani (o Vô Matta) pessoalmente. Mestre Ygbere não é, como muitos por aí, "discípulo de livros" ou de "mestres mortos" nem, pior ainda, "mestre de si mesmo". Ygbere, meu irmão, aceita meus preitos de vida longa! Que possamos honrar juntos o Nome, o Trabalho e o Exemplo de nosso Mestre! Aranauan!" (Thomé Sabbag Neto)
"Foi um dia duplamente especial: poder participar da iniciação de meu Tio e de Meu Pai (Pedro Nogueira) de Santé no mesmo rito! E ambos no 7o grau! Poder ver a Tradição sendo desvelada, manifesta e passada de Pai pra filho realmente foi muito intenso e profundo e jamais esquecerei. Agradeço ao meu avô de Santé, Mestre Araphiagha por permitir que essa Tradição que ele recebeu de meu bisavô Mestre Yapacani pudesse novamente ser perpetuada. Agradeço a Ele também por poder ter Bisavô,Avô, Pai, Tios e principalmente pela oportunidade de ser filho e ser um membro dessa família! Me sinto muito feliz por poder estar com vocês Mestre Ygbere! Parabéns novamente por ser um vencedor de si mesmo!" (Vagner Costa)
"Sem palavras para expressar esse momento sublime em sua jornada Mestre Ygbere. A pálida noção de tudo que já enfrentou na vida só me faz desejar que tenhas muito mais realizações positivas hoje e sempre. Axé Mestre Ygbere!" (Robson Leite)

Pedro Nogueira Alma em júbilo! Não é possível traduzir o que se passa, o que se sente... Axé, meu querido amigo e Irmão! Vida longa!

Templo de Umbanda Pai Joaquim de Aruanda Maravilhosa, conquistada com muito trabalho e amor ao que faz, um ritual para ficar guardado na retina da alma .

Marta Purificação Paó... Ygbere vc é muito querido por todos nós, sinto sempre verdade contida na sua fala e na sua escrita!!! Obrigada por ser nosso irmão mais velho. Axé!!!

Vânia Maria muito bom parabens e um grande abraco.

Célio Antônio Corrêa Marques Antonio Parabéns! Axé!

"Ao ver tantas demonstrações de carinho sobre meu rito de ordenação sacerdotal, decidi escrever algumas palavras daquilo que sinto e entendo sobre iniciação. Posso separar meu caminho iniciático com o mestre Arapiaga em três momentos distintos.
O primeiro nos anos 80, onde tive a honra de ter tido por meio de nosso mestre o contato com o mestre Yapacani – Matta e Silva. Naqueles momentos conhecia gradativamente suas obras e com o privilégio de as mesmas serem ilustradas por alguns rituais que fez aqui em São Paulo no templo da OICD e em visita a TUO de Itacuruça. Eram tempos para mim de um certo deslumbramento, pois os “mistérios” contidos em tantos assuntos que tive a oportunidade em ouvir e presenciar, me levavam a estudar, estudar e muitas vezes me sentir único...
Confesso que pouco entendia daqueles conhecimentos e que nosso mestre exaustivamente nos ensinava e exemplificava vivendo-os. Eram tempos de grandes transformações e diuturnamente acompanhava nosso mestre em seus afazeres, afinal precisava eu viver tudo aquilo de forma a conseguir capacidade e conhecimento, para de forma simplória ajudar a executar as mudanças que aconteciam em uma velocidade incrível.
No segundo momento, depois da transmissão da raiz, feita por pai Matta a nosso mestre, em seguida acontece a passagem de pai Matta para a Aruanda. Chegava a hora de nosso mestre colocar em prática as verdadeiras vivências que teve com o mestre Yapacani e a espiritualidade, representadas por ancestrais de estofo, pois meu mestre nunca utilizou de palavras mortas de livros para construções espirituais, e assim também isso nos ensinou.
Naqueles momentos, fomos vendo chegar novos conhecimentos e afazeres e juntos vinham o astral pertinente à aqueles tempos (quem não se lembra do caboclo 7 Espadas e do sr. Capa Preta), e interessante era que neste segundo momento, os conhecimentos apreendidos começava a dar lugar ao “outro”, coisa que no primeiro momento nem se falava e tão pouco se entendia. 
A iniciação aí então começava a tomar um novo rumo, pois aquilo que entendíamos como algo que nos elevava a patamares elitistas e ilusórios no primeiro momento, dá lugar ao respeito ao outro, e tudo começa a tomar novos rumos. Iniciava naquele momento em mim, mesmo que palidamente uma desconstrução de valores. Entender a origem ou início, que é o mote principal de uma iniciação, passariam obrigatoriamente pelo “outro” ...
E neste terceiro momento que hoje se apresenta, depois de ver tantas realizações de nosso mestre, procuro entender parte do todo e vejo neste momento que o que se busca é o vivencial com o mestre vivo, pois não pode ser diferente a iniciação, ela só acontece com a oralidade, o poder da palavra realmente vivida e consagrada pelas obras e pela ancestralidade que está por trás de tudo isso. Hoje nosso mestre nos ensina a viver a simplicidade com alegria, nos ensina que o importante é estarmos livres de pré-conceitos e principalmente a reconhecer o bom caminho e trilha-lo.
Enganam-se aquele que buscam as aparências, pois me parece ridículo ver algumas pessoas do passado que daqui saíram, insistirem em continuar na letra morta, falando daquilo que não se viveu, falando de Matta e Silva com uma pretensa eloquência como se o mesmo estivesse vivo e lhes dessem aval em seus trabalhos.
O velho mestre Matta e Silva em vida sempre deu exemplos de trabalho sob a regência da espiritualidade com ordens e direitos, e sabedor que o trabalho deveria continuar com outro mestre vivo, fez a transmissão a nosso mestre, pois assim caminha a iniciação e o mestre só vive após sua passagem por meio de sua linhagem com ordens e direitos de trabalho...Logo!"
Ygbere – Discípulo de mestre Arapiaga

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Curso Mandingas, Simpatias e Garrafadas! Ministrado por Pai Rivas!



Lançamento do mais novo Curso de Extensão Universitária da FTU:
MANDINGAS, SIMPATIAS e GARRAFADAS - O Poder Curativo das Ervas Ativadas
O curso será ministrado pelo Especialista em Teologia afro-brasileira Francisco Rivas Neto (Babalorixá Rivas) que discorrerá sobre o Poder oculto curativo e magístico das ervas nas tão conhecidas “mesinhas, garrafadas, unguentos, simpatias”, entre outros aspectos inéditos que serão discutidos.
Maiores informações: 
http://ftu.eadbox.com/cursos/mandingas-simpatias-e-garrafadas-o-poder-curativo-das-ervas-ativadas

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Mestra Aracyauara! Mais uma Sacerdotisa de Sétimo Grau na TUO!



Foi uma honra estar presente, e testemunhar mais uma consagração na TUO. Mestra Aracyauara é merecedora desta realização. É a primeira ordenação sacerdotal da TUO de Itanhaém, e logo uma mulher, sinalizando novos tempos.
Nestes anos que estou filiada à OICD, Mestra Aracyauara se fez presente em todos os momentos que recordo, como trabalhadora silenciosa, fundamental e basilar da OICD, da FTU, do Ilê Funfun, do Ilê Oka Sete Estradas e da TUO. Seus exemplos de dedicação, respeito e seriedade fizeram desta mulher a Sacerdotisa.  Que seus passos sejam seguidos por muitas de nós. 
Vida longa a Mestra Aracyauara! 

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

VI Congresso FTU - Itanhaém


PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira (12/12)
21hs: Palestra Teologia do Ori e Bará
  • Francisco Rivas Neto (diretor da FTU)
23hs: Encerramento

Sábado (13/12)
10hs: Mesa sobre Exu e Pomba-gira
  • Profa Ms. Érica Jorge, Prof Ms. Rodrigo Garcia e Prof Esp. Antonio Luz (FTU)
11:30hs: Palestra Etnobotânica das Religiões Afro-brasileiras
  • Prof Dr. Yuri Tavares (USP)
12:30hs: Almoço
14hs: Mesa Teologia Afro-brasileira
  • Profa Ms. Maria Elise Rivas e Profa Ms. Érica Jorge (FTU)
15:30hs: Divulgação do livro Religiões Afro-brasileiras
  • Prof Dr. João Luiz Carneiro (FMU)
15:45hs: Intervalo
16hs: Mesa Teologia da Tradição Oral
  • Francisco Rivas Neto (diretor da FTU e sacerdote)
  • Profa Ms. Maria Elise Rivas (FTU)
  • Prof Dr. João Luiz Carneiro (FMU)
17:30hs: Oficina Teologia da música Afro-brasileira
  • Prof Esp. José Roberto Silva
  • Graduando em Teologia e Ogã de terreiro Thales Rivas
19hs: Palestra de Encerramento Questões de Gênero nas Religiões Afro-brasileiras
  • Profa Ms. Maria Elise Rivas
20hs: Encerramento

Inscrições:
http://www.eventick.com.br/vi-congresso-ftu

domingo, 9 de novembro de 2014

TUO está Revivida!


Ontem aconteceu a inauguração da TUO. Este dia foi ansiosamente esperado por todos nós. Filhos, netos, herdeiros da Sagrada Raiz de Guiné.

Desnecessário é dizer o quanto foi emocionante reencontrar esta corrente maravilhosa. Pai Joaquim, Caboclo Cobra Coral, Exu 7 Encruzilhadas... as lágrimas que rolaram lá semearam aquelas areias benditas. Só de lembrar, o corpo ainda se arrepia... É meus amigos, Pai Guiné e agora, Velho Payé!

A TUO está revivida! Lugar bendito, de crescimento e realização.
Enfim, a tríade Candomblé, Encantarias e Umbanda está completa.
Se queríamos trabalho, ele está lá, em Itanhaém. Crescimento espíritual, responsabilidade e inclusão. Todas as formas de expressão religiosa da nossa religião afro-brasileira estão lá. 
Religiosidade sem Exclusão!


Para compreender mais sobre este novo momento da TUO, acesse:

http://sacerdotemedico.blogspot.com.br/2014/11/umbanda-esoterica-novos-rumos_30.html




terça-feira, 4 de novembro de 2014

TUO em Itanhaém. Convite!



A TUO de Itacuruçá renascendo em Itanhaém!  Durante anos, funcionou concomitante com a OICD em São Paulo. Mestre Yapacani para Mestre Araphiagha, de Pai Guiné para Velho Payé. Esta foto é uma marco para a Raiz de Guiné, ao qual pertenço, sob as bençãos de meu Pai e meu Avô de Santé. 
Convido a todos para participarem deste dia memorável! E que as Santas Almas do Cruzeiro Divino nos acobertem sempre!
Salve Cabocla Estrela do Mar! 

Obaositalá


domingo, 26 de outubro de 2014

sábado, 18 de outubro de 2014

Pade Olonan - Laroyê!!!

É hoje!!!!!!!
Salve Sr. Exu 7 Encruzilhadas! Salve Sr. Exu Capa Preta!
Salve Sr. Exu 7 Poeiras!
Salve Sr. Exu 7 Ventanias!


domingo, 12 de outubro de 2014

Eleições Presidenciais 2014!

Faço minhas as palavras de meu marido!

Precisamos sempre de caminhos melhores...
Venho vendo muitas manifestações políticas, e em todas elas está o medo de se perder coisas adquiridas e que trouxeram benefícios as populações carentes. Vejo ainda que a maioria esqueceu que somos um povo que pode ir as ruas e exigir dos governantes que assumirem o novo período de governo, que façam com que os benefícios continuem e sejam melhorados.
E isso, só depende de nossa militância política por aqueles que acreditamos, e para que isso aconteça devemos exigir governantes honestos e cônscios de suas responsabilidades e que estarão momentaneamente naqueles cargos para representar o povo brasileiro.

Tenho certeza que todo brasileiro deseja um país sem pobreza, sem analfabetos, sem fome e principalmente com saúde. Livre para se expressar culturalmente, religiosamente, sexualmente e etc. Todos esses aspectos de certa forma sempre foram atendidos em parte pelo partido que votei desde sua formação e que é o PT, e se digo parte, é por que sei que as mudanças ocorrem de forma gradativa e é muito importante que elas não parem ou voltem para traz. 

Para isso devo lembrar aos amigos, que tudo nesse planeta é formado de energias, sejam elas físicas ou psíquicas e as transformações que envolvem a mudança de estado físico ou psíquico de grandes massas populacionais, requer sacrifícios imensos.
Imaginem então a energia dispendida para mover da miséria mais de 40 milhões de brasileiros e fazer essa roda girar? 
E se não acreditam quando falo de energias, vejam os momentos de suas vidas que já passaram de dificuldades e constatem o sacrifício energético, físico e psíquico que tiveram para mudar o destino que momentaneamente era ruim... 
E tudo isso meus amigos, apesar de todos os problemas alegados por partidos diferentes, foi feito pelo Partido dos Trabalhadores.
Dessa forma, peço aos amigos que pensem muito bem sobre o destino dessa nação quando depositarem seus votos nas urnas.

Olavo Solera - Ygbere

domingo, 28 de setembro de 2014

Eleições 2014! O Povo de Santo e seu posicionamento.

Pai Rivas se posiciona frente às Eleições de 2014 e aos candidatos que pregam e incitam a violência contra o Povo do Santo! 
O pronunciamento de Pai Rivas, meu Baba, reflete nosso ponto de vista. 
Não é possível que irmãos de fé votem em candidatos que representam a vertente religiosa mais agressiva à nossa Tradição, que incitam e propalam a violência contra os terreiros, contra nossos líderes religiosos, e contra tudo que temos de mais sagrado! E, em sendo as Religiões Afro-brasileiras o porto mais seguro aos nossos irmãos homossexuais, é inadmissível que apoiemos e elejamos políticos que pregam a discriminação e o desrespeito a todos eles. 
Em nome da ética, da coerência e do respeito aos nossos Orixás, Ancestrais, Tradição e Povo do Santo, repudio candidatos que não representem meus ideais.





segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Curso EAD de Umbanda Esotérica: inscrições abertas! Não Percam!!!!

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O CURSO INÉDITO DE UMBANDA ESOTÉRICA!!
Informações importantes sobre o curso de Umbanda Esotérica, ministrado por Pai Rivas! As aulas começarão no dia 06/10/14 e as inscrições já podem ser realizadas! O valor das inscrições até o dia 05/10/14 é de R$ 200,00. Após o início do curso, o valor será R$ 250,00. Aproveite o desconto e realize já sua inscrição!
Siga as orientações para o acesso: 
1. Acesse a plataforma virtual no endereço http://ftu.eadbox.com/ 

2. Procure o curso Umbanda Esotérica e clique nele 

3. A seguir, clique em Matricule-se já! Você será direcionado para o preenchimento de um formulário para tornar-se usuário da plataforma. Se você já um usuário da plataforma, clique em Fazer o Login no canto superior direito. 
4. Após preencher o cadastro ou efetuar o login, você será direcionado para a página do Pagseguro para realizar o pagamento. 
5. Escolha a opção de pagamento (cartão de crédito, boleto ou débito em conta)
6. Após efetuar o cadastro e o pagamento, a inscrição será efetuada. 
7. Por fim, preencha o formulário de inscrição com os dados complementares!

FTU - Faculdade de Teologia Umbandista
ftu.eadbox.com



http://ftu.eadbox.com/cursos/umbanda-esoterica


Depoimento de Ygbere, discípulo e iniciado de Pai Rivas há 35 anos:
Ao ver esse post de nosso mestre, minha mente percorreu vários anos de minha vivência com ele e principalmente a oportunidade em ter conhecido o mestre Yapacani – W.W. da Matta e Silva. Lembro-me como se fosse ontem, quando ao terminar um rito de atendimento aqui em São Paulo, o nosso mestre convidou-me para ir para Itacuruça – RJ. Apesar do adiantado da hora (afinal já era madrugada), fomos com tamanho contentamento que me sentia uma criança que tinha ganhado um presente querido. 
Sabíamos que no mesmo dia, tinha acontecido a “gira” do Vô Matta e chegaríamos por lá no início do dia. No trajeto ao RJ fomos ouvindo nosso mestre contar coisas interessantíssimas sobre a iniciação e sobre o Vô Matta e a viagem transcorreu rapidamente. Como de costume, ao chegar na Serra das Araras, na entrada para Itacuruça, paramos na lanchonete Bob’s para nos deliciar com um sanduíche de salada de atum e que fazia parte do costume de nosso mestre e logo em seguida rumamos para o destino tão esperado. 
Quando lá chegamos, avistamos o Vô Matta com seu cachimbo de sempre, deitado em uma rede com sua esposa ao lado do terreirinho da T.U.O. 
Meus amigos foi um dia maravilhoso, pude conhecer aquele pequeno conga físico, mas enorme em vibrações iluminadas. Ali pude ver e sentir como era verdade quando nosso mestre falava que “lá os Orixás falavam...”
Hoje ao ver o mestre Arhapiagha anunciar a reabertura da T.U.O em itanhaem – SP, enche-me de alegria e emoção, pois sei que lá estarão e as vibrações sutis do verbo iluminado, aqueles que alicerçavam o pequeno/imenso terreirrinho da T.U.O de Itacuruça.
Tenho certeza que isso vem dar sequência ao que o velho Pai Guiné desejava, ao transmitir por meio do mestre Yapacani – Matta e Silva a sucessão ao mestre Arhapiagha, em um rito que também estive a honra de estar presente.
Por meio das realizações de meu mestre, com a criação da FTU, da fundação da Casa Branca da Cura e do Destino, do Ilé Oka 7 Estradas e agora da T.U.O. tudo vem de encontro com os ditames da raiz do Pai Guiné e do Caboclo Velho Payé.
E meus amigos,sabemos que todas as religiões afro brasileiras e as teorias que a compõem apesar de sua diversidade, estão unidas por um fio condutor, e todas possuem um eixo central que é o elemento do invisível. 
E estes fundamentos se desdobram ao mesmo tempo, em arte, filosofia, ciência e religião, são indissociáveis e complementam o estudo do homem iniciado. 
E para estes, lembro as palavras de um antigo mestre iniciado:

"Venho falando da Tradição e da Verdade, da qual eu testemunho e como se dirá ainda, sem dúvida: O que é a Tradição? o que é a Verdade? Quais provas podemos dar? "
"A isso eu responderei ainda: tais coisa não se inventam; elas encontram-se lá onde elas mesmas estão e provam-se quando e como são necessárias.

Ygbere 
Discipulo de Mestre Arhapiagha – Pai Rivas