Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

RAB e FTU - manifesto acerca da Intolerância Religiosa!

Imagem

Retratos de Fé - Umbanda! OICD como referência nacional

Imagem

Unicamp estuda técnicas de cura utilizadas nas Religiões Afro-brasileiras

Imagem
"Essas religiões são ricas em técnicas para potencializar o uso de folhas e substâncias da natureza que são tão eficientes quanto a biomedicina", ressaltou. O estudo revela que a maior dificuldade para juntar os saberes biomédicos e os praticados em terreiros é o preconceito racial e religioso da comunidade. "A população deve denunciar à polícia qualquer tipo de dificuldade no atendimento. Um terço ou outro elemento católico é aceito em um quarto de hospital. Um item de Umbanda, por vezes, não", considerou o médico. A pesquisa, iniciada em 2013, é financiada pelo Ministério da Saúde, apoiada pela Opas (Organização Pan-Americana da Saúde e Centro de Estudos), e Cepedoc (Pesquisa e Documentação em Cidades Saudáveis). O coordenador do estudo não informou o valor investido pelo governo federal. http://www.destakjornal.com.br/noticias/campinas/pesquisa-da-unicamp-propoe-usar-tecnicas-dos-terreiros-no-sus-268228/





O TUO e Ifá - mudanças de paradigma e resignificação.

Imagem
Neste últimos meses fiz mudanças fundamentais em minha vida. Mudei de cidade, de empregos, de casa. Mudei.     Todo esse processo levou meses, e ainda demandará muitos outros meses para se instalar definitivamente.     Sair da zona de conforto, arduamente conquistada, e arduamente defendida, foi um esforço colossal. E no lugar da pseudo segurança anterior, ficou apenas a impressão de andar em terreno frágil, denotando a insegurança do ambiente ainda desconhecido.       Todo esse processo tem gerado profundas reflexões, e hoje me surpreendi ao constatar que esse processo se iniciou há muitos anos. Ele se iniciou quando me propus tomar as rédeas de minha vida, assumir minhas escolhas,e caminhos. No momento em que constatei que onde estava, não estava bom. E isso ocorreu há muitos anos atrás.      Nascida católica, de família do interior de Minas, não é difícil explicar como fui educada. Família patriarcal, mãe submissa e calada, irmão varão. E embora eu me lembre da Congada, da Festa…