"Somos todos viajantes de uma jornada cósmica, poeira de estrelas, girando e dançando nos torvelinhos e redemoinhos do infinito. A vida é eterna. Mas suas expressões são efêmeras, momentâneas, transitórias." Deepak Chopra

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Vale a pena conferir!!!


http://www.ftu.edu.br/Site/producoes/POR_UMA_NOVA_METODOLOGIA.pdf


Aranauan, Saravá meus irmãos planetários,

A publicação 79 A Umbanda é mesmo de todos nós! disponível no site http://sacerdotemedico.blogspot.com/  reforça o posicionamento  da Ordem Iniciática do Cruzeiro Divino (OICD) sobre a sociedade civil e a interação entre as diversas religiões no Brasil e no mundo. A OICD é a instituição mantenedora da Faculdade de Teologia Umbandista (FTU) e como tal enseja na academia criar e firmar as pontes de diálogo entre Filosofia, Ciência, Arte e Religião.

Neste sentido eu, na condição de pesquisador em Filosofia do PPGF-UGF/RJ, o prof. Antônio da Luz da FTU e a teóloga umbandista Carolina da Luz (formada na FTU) apresentamos um segundo artigo acadêmico para discutir a história do movimento umbandista e uma proposta de compreensão da mesma.  Trata-se do artigo: 


 “POR UMA NOVA METODOLOGIA PARA A HISTÓRIA DO MOVIMENTO UMBANDISTA E SUA LITERATURA: O CONCEITO DE ESCOLAS” 
Resumo: O presente artigo realiza uma breve introdução sobre a evolução da História enquanto ciência, seu telos e, em particular, os métodos propostos pela historiografia que balizam a lisura da pesquisa, estudo ou obra que pretende se ocupar da história, com especial ênfase no Movimento Umbandista. Este artigo pretende também propor o paradigma de Escolas Umbandistas, criado e desenvolvido por F. Rivas Neto para o meio acadêmico e religioso, como ferramenta teórica aplicável para a historiografia deste Movimento.
Palavras chave: Escolas, História, Historiografia, Metodologia, Movimento Umbandista.

Disponível em: http://www.ftu.edu.br/Site/detalheProdAcademica.php?id_producao=71


O artigo apresenta os seguintes capítulos de desenvolvimento crítico de conteúdo:

·         A HISTÓRIA DA HISTÓRIA – BREVE RETROSPECTO

·         OS DESAFIOS DA MEMÓRIA E DA HISTORIOGRAFIA

·         AS DIFERENTES ETAPAS DA HISTOGRAFIA

·         FONTES DE PESQUISA

·         TIPOS DE FONTES DE PESQUISA

·         O PROBLEMA DA HISTÓRIA: O ENCONTRO DA CONSCIÊNCIA COM A ALTERIDADE

·         UMA PROPOSTA METODOLÓGICA PARA HISTORIOGRAFIA DO MOVIMENTO UMBANDISTA

·         CONCLUSÃO

·         ANEXOS


Em tempo. Este artigo foi precedido pelo texto “ENTRE A CARIDADE E A CIDADANIA ESPIRITUAL - Marchas e contramarchas nos 84 anos de literatura Umbandista – " publicado no mesmo sítio eletrônico e de autoria exclusiva da teóloga umbandista Carolina da Luz.


Aranauan, Saravá Fraternal,
Yabauara (João Luiz Carneiro)
Discípulo de Mestre Arhapiagha (Pai Rivas)

Nenhum comentário: